Os exportadores da boa fama de Bebedouro

0
108

Há profissionais da cidade que levam positivamente o nome da cidade. 

Se por um lado, infelizmente, temos parte da classe política a provocar uma infinidade de pautas negativas, na eterna luta pelo poder, felizmente, a cidade é também habitada por profissionais que levam positivamente o nome do município; e uma nova ala da política que colocou o nome de Bebedouro de volta ao mapa.
Um dos profissionais é o empresário Carlos Quintella, um dos maiores colecionadores de ítens de cerveja, responsável pela divulgação internacional da cidade, com encontros anuais entre aficcionados do Brasil, da América do Sul e até do continente europeu.
Outro profissional é Alessandro Oliveira de Faria, o popular Cabelo, o maior especialista brasileiro do sistema operacional Linux, chamado recentemente para compor o grupo de desenvolvedores de conteúdo para o Facebook, atualmente, a maior rede social do mundo.
Por décadas, a boa fama da cidade também esteve nas mãos de atletas como Joel Monteiro, no vôlei; e Adriano Ferreira, no tênis, excelentes atletas que colocaram a cidade no cenário nacional esportivo.
Pelo lado empresarial, há fartura de exemplos como o empresário José Francisco dos Santos, da Comfrio; a Sicoob Credicitrus; a Coopercitrus, João Carlos Laforga Messa; que por anos foi um dos maiores exportadores de mel do país.
Da nova geração, há jovens como Demétrio Saulo Souza, filho de casal de comerciantes, que tornou-se arrojado empreendedor em franquias em Bebedouro, Barretos e Ribeirão Preto. Apenas para citar alguns. São muitos.
É indisfarçável a decepção da população com a bagunça protagonizada por meia dúzia de politiqueiros, gente interessada apenas em cargos. Porém, bastam poucos minutos de leve reflexão para concluir que Bebedouro tem muito do que se orgulhar. Talvez falte a estes notáveis pegar gosto pela política, para participar e substituir os oportunistas de sempre.

[…]

Leia mais na edição nº 9693, do dia 15 e 16 de maio de 2014.