Paulo Bola é acusado de intimidar assessor de vereador

Alegando conduta inadequada do edil, por intimidações ao seu assistente técnico de gabinete, professor Jorge Cardoso enviou ofício ao presidente Carlos Renato Serotine, o Tota, solicitando a gravação das câmeras de vigilância.

0
69
Averiguação - Professor Jorge Cardoso solicitou ao presidente Tota as gravações das câmeras de vigilância da Câmara, próximas à garagem, para comprovar as intimidações de Paulo Bola contra seu assessor Cláudio Nastromagario. (Divulgação)

Nas dependências da Câmara Municipal, no final da manhã de sexta-feira (19), houve nova polêmica envolvendo o vereador Paulo Henrique Ignácio Pereira, o Paulo Bola (MDB). Alegando conduta inadequada do edil, por intimidações ao seu assistente técnico de gabinete, vereador professor Jorge Cardoso (DEM), enviou ofício ao presidente Carlos Renato Serotine, o Tota, (SD), solicitando a gravação das câmeras de vigilância, deste dia, próximas à garagem, para comprovar as intimidações.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10496, de 27 a 30 de junho de 2020.