Pesquisa inédita irá quantificar estoque de Carbono e fauna silvestre na citricultura

Em entrevista à Gazeta, especialista da Embrapa dá detalhes sobre processo de construção do estudo a ser realizado em parceria com o Fundecitrus.

0
65

O cinturão citrícola formado pelo estado de São Paulo e Minas Gerais será analisado através de investigação científica para quantificar os estoques de Carbono, identificar a fauna silvestre existente e como ela se comporta nesta região. A pesquisa iniciada em abril, em uma parceria entre Embrapa e Fundecitrus, terá aporte de recursos de Innocent Drinks, após ter sido selecionado pelo Fundo de Inovação para Agricultores da empresa, entre propostas de diversos países. Trata-se de recursos para projetos que objetivam a redução de Carbono na agricultura e que inspirem agricultores a adotarem boas práticas.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Leia mais na edição 10.657, de sábado a terça-feira, de 2 a 5 de abril de 2022.