Por falta de radiofármacos, pacientes do Hospital de Amor tem tratamentos e exames suspensos

Suspensão afeta cerca de 300 pacientes semanais e procedimentos terão que ser reagendados, mas tratamentos serão afetados em relação ao tempo e também ao aspecto psicológico.

0
23
Suspensos - Pacientes do Hospital de Amor de Barretos já sofrem com a falta de medicamentos e insumos para tratamento e exames na unidade, devido ao corte de verba federal ao Ipen.

Levantamento do Hospital de Amor de Barretos, instituição de referência no tratamento contra o câncer, indica que inúmeros pacientes estão sendo afetados pela paralisação na produção de radiofármacos gerada por corte de verba federal ao Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares).

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.615, de 6 a 8 de outubro de 2021.