Preço dos fertilizantes sobe no curto prazo, mas deve recuar até o final do ano

No acumulado dos últimos cinco meses, as entregas dos produtos cresceram 1,5% em relação a 2022.

0
96
(Foto: Divulgação/Vittia)

O preço dos fertilizantes apresentou alta nos últimos meses em virtude da demanda e da proximidade da safra de verão no hemisfério Sul. Entretanto, os valores devem seguir em patamares baixos até o final do ano, segundo a projeção do relatório Visão Agro, da Consultoria Agro do Itaú BBA, divulgado na segunda-feira (31 de julho).

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.778, sábado a terça-feira, 5 a 8 de agosto de 2023