Rejeição de projeto por vereadores, para compra de veículos novos pode é onerar cofres públicos

Vereadores votam contra projeto de lei do Executivo no valor de R$ 492 mil da Desenvolve São Paulo. Os recursos a serem usados para manutenção dos veículos em uso pode ser superior ao investimento negado por oposicionistas.

0
215

Na sessão de segunda-feira (10), os vereadores rejeitaram por 5 votos a 4 o projeto de lei, de autoria do executivo, que autorizaria financiamento através da Desenvolve São Paulo, Agência de Fomento do Estado de São Paulo, no valor de R$ 492 mil, para compra de um caminhão coletor e compactador de lixo e uma van básica para transporte de pacientes. Votaram favoráveis os vereadores Juliano Cesar (PSD), Jorge Cardoso (PSD), Artur Henrique (DEM) e Rogério Mazzonetto (PDT). O projeto recebeu voto contrário de: Paulo Bola (MDB), Nasser Abdallah (Rede), Mariângela Mussolini (MDB), Fernando Piffer (PSDB) e Silvio Delfino. José Baptista de Carvalho Netto, o Chanel (SD), havia afirmado em sessões anteriores que não votaria nenhum projeto de autoria do executivo, enquanto a situação da estrada da Fazenda Irene não for resolvida.

(…)

Leia mais na edição 10402, de 12, 13 e 14 de junho de 2019.