Sem pendurar as chuteiras porque ele ainda encanta

0
259

Pelos seus pés inúmeros passes deram títulos e boas posições aos clubes por onde passou. Simpático, agradável, carismático, amante do futebol e da família. Assim é o jovem de 82 anos, João Dato, que foi destaque em suas passagens pelo futebol do Estado de São Paulo e fora dele. Hoje, o ex jogador de olhos claros, sem dúvida, o galã de sua época, é dono de sorriso fácil e alma boa. Fez questão de receber a Gazeta e mostrar parte de sua história que com certeza deve ser acompanhada pelos leitores com muito orgulho, por poder desfrutar da oportunidade de ter um conterrâneo que engrandeceu e enalteceu o esporte bebedourense.  Viúvo, é eterno apaixonado pela companheira com quem faria 60 anos de casado em maio. Hoje mora sozinho: “eu e Deus”, diz Dato. Tem como sonho passar cada vez mais tempo e bons momentos ao lado dos filhos e netos: “Quero viver até os 100 anos, mas sem dar trabalho para ninguém”. O porte atlético é nítido. Este agradável palmeirense mostra o que é ter uma vida com muita história para contar. Confiram…

É gol – Cercado por suas belíssimas lembranças o ex-jogador João Dato apresenta ao leitores uma história lotada de lembranças.
É gol – Cercado por suas belíssimas lembranças o ex-jogador João Dato apresenta ao leitores uma história lotada de lembranças.

(…)

Leia mais na edição nº 9934, de 9, 10 e 11 janeiro de 2016.