Spido deve ser chamado para depor na CPI da Merenda, em SP

0
190

Relator fala com a Gazeta e afirma ter interesse em que todos os envolvidos na construção do packing house sejam interrogados.

O deputado Estevam Galvão (DEM) disse que as primeiras providências foram tomadas e aguarda a chegada dos documentos solicitados pela Comissão, para dar andamento aos trabalhos, o que vai acontecer após o recesso parlamentar, em agosto.
O empresário, dono da construtora Spido Engenharia e pré-candidato a prefeito Gustavo Spido, deve ser chamado a depor, assim como o proprietário da Empreit, ambos contratados pela Coaf, para construção do barracão.
Vale ressaltar que esta célula da investigação não foi destinada à Polícia Federal e permanece sendo analisada pela Corregedoria do Estado e investigada pela Polícia de Bebedouro, já que envolve recursos da Secretaria da Agricultura de SP.
Quando foi deflagrada a operação, Spido publicou uma nota em sua rede social negando seu envolvimento em possíveis irregularidades, assim como Edson Silva dono da Empreit, em uma das entrevistas que deu à Gazeta, negou envolvimento.
Também é relevante que o construtor Antônio Hernandez (investigado da Operação Cartas Marcadas), disse ter tido sua assinatura falsificada em um dos orçamentos apresentados, para cumprir exigência do projeto Microbacias II, que liberou os recursos à Coaf. Relembre.

(…)

Leia mais na edição nº 10004, de 2, 3 e 4 de julho de 2016.