UPA sai do papel

0
355

A habilitação do HM foi publicada no Diário Oficial da União, na sexta-feira (2). 

A transformação do Hospital Municipal Júlia Pinto Caldeira em UPA (Unidade de Pronto Atendimento) recebeu na sexta-feira (2), confirmação da habilitação do Ministério da Saúde. Bebedouro passa a receber a partir de outubro, aproximadamente R$ 175 mil ao mês, acrescidos de produtividade, podendo alcançar R$ 300 mil/mês. No total, a Prefeitura deixará de gastar R$ 2 milhões por ano com a habilitação.
O prefeito Fernando Galvão (DEM) fez o anúncio aos funcionários do HM, na manhã de segunda-feira (5) e ressaltando ser uma conquista histórica, diante de um cenário de crise: “Não é fácil crescer e avançar, consertando erros do passado”.

(…)

Leia mais na edição nº 9899, dos dias de 6 e 7 de outubro de 2015.