Vereadores rejeitam reajuste do IPTU, em sessão extra

De forma unânime, todos foram contrários, alegando não ser o momento adequado para a aprovação.

0
120

A Câmara Municipal rejeitou por unanimidade, na quarta-feira (18), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei que altera dispositivos da lei municipal que estabelece a Planta Genérica de Valores dos imóveis, reajustando o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).
Os vereadores foram contrários ao projeto, recebendo nove votos, com ausência de José Baptista de Carvalho Neto, o Chanel, que não compareceu à sessão e o presidente da Câmara, Carlos Serotine, o Tota, que só votaria em caso de empate.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10454, de 21 de dezembro de 2019 a 14 de janeiro de 2020.