Violência doméstica

0
542

Por volta das 12h de quarta-feira (11), a Guarda Civil foi chamada ao Hospital Municipal, Jardim Júlia, onde segundo denunciante, uma paciente deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), com sinais de violência doméstica. No local, em contato com a vítima, ela confessou ter sido agredida pelo companheiro.
A guarnição foi até a residência do casal, porém o agressor já havia fugido e não foi encontrado. Após o atendimento médico e constatação das agressões, a vítima foi levada à central de polícia, onde a autoridade policial elaborou boletim de ocorrência por lesão corporal.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição de nº 10428, de 18, 19 e 20 de setembro de 2019.