Amor de Mãe vai entrar para a história da teledramaturgia brasileira

Marcos Pitta

0
81
Lágrimas no país inteiro: Lurdes, personagem de Regina Casé, finalmente encontrou seu filho perdido, Domênico. A cena emocionou o país e entrará para a história, juntamente com a novela. (João Cotta/Tv Globo)

O ano era 2016 quando Manuela Dias apresentou a Globo a sinopse de ‘Amor de Mãe’. Aprovada pelo departamento de teledramaturgia, a novela entrou na fila de produção das 21h e foi marcada para estrear em maio de 2019, substituindo ‘O Sétimo Guardião’, mas foi adiada. Em seu lugar entrou Maria da Paz, Josiane, Vivi Guedes e toda a turma de ‘A Dona do Pedaço’ que se encerrou em novembro do mesmo ano e, finalmente, a saga de uma mãe procurando o filho vendido pelo próprio pai começou.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.569 de 10 a 13 de abril de 2021.