Aprovadas diretrizes para vigilância da febre aftosa

A norma faz atualização de atos normativos aos novos conceitos internacionais, dando sequência ao avanço do status sanitário do país para livre de febre aftosa sem vacinação.

0
168

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) publicou na quarta-feira (15), no Diário Oficial da União, a Instrução Normativa Nº 48 que aprova as diretrizes gerais para vigilância da febre aftosa com vistas à execução do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa, conforme estabelecido pelo Suasa (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária).

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10502, de 18 a 21 de julho de 2020.