Baixa umidade do ar: prejudicial ao homem e ao meio ambiente

Nos últimos 15 dias, Bebedouro está em estado de alerta e atenção com variação da umidade do ar entre 20% e 34%, segundo a Defesa Civil.

0
9
Baixa umidade – Com o tempo seco, vários focos de incêndio estão mobilizando bombeiros e Defesa Civil, como o que ocorreu na segunda (27), na rodovia Brigadeiro Faria Lima. A área foi deixada em segurança, após 1h30 de combate. (Divulgação/Defesa Civil de Bebedouro)

Quando o inverno chega, os termômetros caem, as chuvas desaparecem e nariz, olhos e garganta são os primeiros a sentirem os reflexos do tempo seco pela baixa umidade relativa do ar.
De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o nível ideal de umidade do ar para o organismo humano gira entre 40% e 70%. Quando a taxa cai para 30% é considerada situação de alerta e prejuízos para a saúde tornam-se frequentes.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10506, de 1º a 4 de agosto de 2020.