Bebedouro como centro das atenções por motivos positivos

0
89

Após quatro anos de polêmicas e escândalos, a cidade volta a receber visitas para eventos importantes.

Vai ser difícil esquecer o que foram quatro anos de polêmicas e escândalos políticos em Bebedouro. Canais de televisão, emissoras de rádio, sites e grandes jornais vinham para a cidade para cobrir a gestão nebulosa da Prefeitura.
Porém, nestes primeiros três meses de 2013, a cidade vive a tendência de que os anos de pautas negativas sobre o município encerraram-se.
A mobilização da sociedade para mudar o traçado do projeto de duplicação da Rodovia da Laranja, virou reportagem e trouxe para Bebedouro, caravana de deputados estaduais e federais empenhados em ajudar. O prestígio da cidade foi tanto que até a Superintendência do DER veio a Bebedouro para submeter a proposta à analise da população.
Receber a visita do presidente do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo, Ivan Sartori e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na mesma semana, em Bebedouro é motivo para ser comemorado. Graças à competência do Unifafibe na realização do Congresso Jurídico.
Além disto, tem a Caravana da Cidadania que trouxe para a cidade, lideranças na inclusão de deficientes, entre elas, a deputada estadual Célia Leão, parlamentar paraplégica que luta por melhores condições de acessibilidade para todos.
O mais importante disto tudo é que Bebedouro volta a constar do mapa político do Estado de São Paulo, como fórum de debates e exemplo de políticas públicas.
E dá para perceber que o esforço para que isto aconteça não é só político, mas de toda a sociedade e da comunidade acadêmica. Isto serve para atrair novos investimentos para o município. Ninguém queria vir para uma cidade onde o prefeito corria risco de ser cassado e tinha baixa credibilidade.
Se este esforço coletivo for mantido, com certeza, ao final de quatro anos, todos terão esquecido da fase triste, e voltaremos a ter orgulho da cidade. Principalmente, quando se estiver em uma roda de amigos em São Paulo e alguém citar que gostou de Bebedouro, da hospitalidade com que foi recebido, quando esteve participando de um debate. Nem as mais bem elaboradas campanhas publicitárias conseguem despertar este sentimento facilmente.

 

Publicado na edição n° 9526, dos dias 23, 24 e 25 de março de 2013.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEdição Nº 9225
Próximo artigoJovem Agricultor