Bebedouro confirma vacinação de pessoas com 48 e 49 anos para esta quarta (23)

Desde o começo da pandemia, cidade já registrou 272 mortes em decorrência da doença; positivados são 10.844

0
300

Mais duas mortes foram registradas em decorrência da Covid-19 em Bebedouro, desde sexta-feira (18). Mulher de 80 anos, portadora de Diabetes Mellitus, faleceu na segunda (21), no Hospital Municipal. Na terça-feira (22), um homem de 60 anos, sem comorbidades, teve óbito registrado também no Hospital Municipal. Desde o começo da pandemia, Bebedouro já registrou 272 mortes por complicações da doença.

O número de positivados continua crescendo, segundo boletim epidemiológico divulgado nesta terça. Com acréscimo de 274 pacientes com resultado positivo para a doença, desde sexta, a cidade agora contabiliza 10.884 casos – destes, 963 são moradores da microrregião.

Há, também, 183 bebedourenses – suspeitos ou positivados – em monitoramento pela Vigilância em Saúde, que devem permanecer em isolamento domiciliar até 10 dias após os primeiros sintomas.

Leitos em Bebedouro

A Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Estadual opera com 100% de ocupação dos leitos destinados a pacientes graves. Na enfermaria da unidade, 95% dos leitos têm pacientes. Na rede privada, a taxa de ocupação dos leitos de UTI baixou para 81,81%. Na enfermaria, 63,63% dos leitos possuem pacientes.

No Hospital Municipal há 13 pacientes na enfermaria e três em estado grave que ocupam vagas da UCE (Unidade de Cuidados Especiais).  Outros 12 pacientes bebedourenses em estado grave estão internados em UTIs da região.

Vacinação em novo horário

Dando continuidade ao cronograma de vacinação, a Prefeitura de Bebedouro confirmou para esta quarta-feira (23), a vacinação de homens e mulheres com idade de 48 e 49 anos.

Por causa do atraso na chegada das doses, haverá mudança nos horários e a aplicação do imunizante será das 16h às 20h, no barracão da Feccib velha, no Jardim Casagrande. Para receber a dose, é preciso levar RG, CPF e cadastro preenchido virtualmente, pelo site Vacina Já (inserir link) ou retirado em postos de saúde.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAlém do horizonte
Próximo artigoDe mal a pior