Bebedouro ganha point e traz sabores de volta

Cidade recebe dois novos empreendimentos gastronômicos.

0
94
Point - Cabana’s lounge bar está na região mais atraente e turística da cidade, a orla do lago artificial.

O setor gastronômico e de entretenimento bebedourense está com novidades e o ‘Boas Compras’ desta semana traz detalhes apresentando aos leitores, propostas diferenciadas, cada qual com seu estilo e seus sabores.

Conceito sem estrelismo

A região mais atraente e turística da cidade, a orla do lago artificial, é o endereço do Cabana’s lounge bar, o novo point bebedourense. No espaço, antes ocupado pela Zouk Pub 7 Club, os sócios Cássio Ferraz Santos, Isabela Ribeiro e o casal Fábio e Thamiris Pipino, deram nova roupagem para inaugurar a casa no final de agosto.

“Fábio é meu amigo de muitos anos. Quando ele contraiu Covid começamos a nos falar com mais frequência e no seu retorno a Bebedouro, após permanecer alguns dias entubado, demos início ao seu tratamento. Em uma das nossas conversas, Fábio comentou que venderia o estabelecimento e pedi para não fazer isto, pois sei do amor dele pelo local. Argumentei interesse em reabrir o espaço em sociedade, mas ele disse que já havia vendido. Passou um tempo, Fábio me procurou, dizendo que a venda não havia se concretizado, propondo conversarmos a reabertura. Deu certo e reabrimos”, explica Cássio Santos, completando: “Fábio é sensacional no que faz e ama este espaço, só unimos o útil ao agradável”.

Para Santos, Bebedouro é carente de casas como o Cabana’s lounge bar. “Já tinha o desejo de abrir algo neste estilo, pois muitas pessoas, inclusive eu e Isabela, saíamos da cidade em busca de algum estabelecimento que oferecesse o que estamos propondo hoje. Fiz uma pesquisa de mercado e conseguimos transformar o sonho em realidade, pois Bebedouro estava escasso deste tipo de ambiente. Além disso, percebemos o nicho propício neste período de retomada da economia”.

De acordo com o sócio, o Cabana’s “não é uma boate. É um barzinho, com bom atendimento, porções variadas, música boa, bebidas geladas, em que pessoas poderão retomar a vida social com segurança e seguindo os protocolos sanitários. Aqui há shows para quem gosta de samba, sertanejo, pagode, acústico. Estamos empenhados em trazer aos nossos clientes, variedade”.

Inovando no cardápio

Desde a inauguração, os drinks e os petiscos caíram no gosto dos clientes. “O diferencial da casa são os drinks, preparados por especialistas no assunto e de fora da cidade. Além disso, em todos os finais de semana, há um lançamento. A sensação do momento é o

Inovação – Toda semana, o cabana’s lança novo drink, o mais recente é o green apple, preparado com maça verde, que já é o segundo mais vendido da casa.

‘Cabana’s Verão’, preparado com Malibu, suco de limão, Red Bull de melancia e espuma de gengibre. Na semana de inauguração vendemos 700 drinks. Em segundo lugar, lançamento desta semana, vem o Green Apple, no mesmo estilo, mas com maça verde. O terceiro mais pedido é o ‘Cabana’s Eletric’, com vodka, curaçau blue e espuma de gengibre”, enumera Cássio. Os preços variam entre R$ 26 e R$ 32. “Aqui o cliente encontra desde água a whisky 12 anos, e combos. O  Cabana’s tem vasta variedade de bebidas”.

Outra novidade são as porções, entre R$ 20 e R$ 40. “Oferecemos diferentes porções, como tábua de frios e dadinho de tapioca, e o carro chefe são os bolinhos gourmet, com opções de: frango, carne seca com mandioca, frango catupiry e costela com cabotiá. As pessoas apreciam uma porção bacana, com sabor diferenciado e moderno”.

“Nossos clientes estão surpresos com a apresentação de nossos drinks, porções e bebidas sempre geladas. Aqui primamos pela qualidade de nossos produtos”, completa Cássio.

Aprovado

Segundo Cássio e Isabela, desde a inauguração em 27 de agosto, “a casa tem ficado cheia, um sucesso, com todas as mesas reservadas, todos os dias e com rotatividade”.

Low profile – Com ambiente climatizado, casa tem capacidade para 26 mesas com quatro lugares.

 

Com capacidade para 26 mesas com quatro lugares, para conhecer o espaço é indicado reserva antecipada. “60% da capacidade do estabelecimento é liberada antecipadamente para pré-reserva, pois no dia da inauguração, muitas pessoas não conseguiram entrar. Como não é permitido deixar ninguém de pé, muitas delas foram embora, inclusive de fora de Bebedouro”, explica Santos. Não há cobrança de entrada, tem couvert artístico. “Quando há reserva, o cliente paga antecipadamente o valor de R$ 20 e pode chegar no Cabana’s até 20h30. Caso não haja a reserva, o cliente usufrui da mesa disponível no momento, sem alteração de valor. Aconselhamos chegar cedo”.

Sócios – Cássio Ferraz Santos, Isabela Ribeiro e o casal Fábio e Thamiris Pipino deram nova roupagem para inaugurar a casa no final de agosto.

 

Cássio e Isabela convidam: “A casa é algo que Bebedouro nunca viu e a proposta é crescer, sempre com qualidade e responsabilidade. Nosso diferencial é o atendimento e a qualidade. Cabana’s é um lugar agradável, com bebidas, drinks e porções diferenciadas”.

Serviço

Endereço: Avenida Pref. Hércules Pereira Hortal, 14
Funcionamento: às quintas-feiras, das 18h às 22h
às sextas e sábados, das 18h às 2h
aos domingos, das 16h às 22h
Contato e reserva: (17) 99204 6060
Social: @cabanasloungebar

De mãe para filha

Se o slogan da Chicken-in é “de pai para filho”, em Bebedouro, é “de mãe para filha”. Cláudia Nadalin Costa e Isabella Nadalin trouxeram de volta à cidade a franquia de sucesso nacional, que tem como carro-chefe, baldes de frango frito crocante.

Inaugurado em 9 de fevereiro deste ano, a franquia Chiken-in, em Bebedouro, trouxe de volta uma velha conhecida dos bebedourenses. A franquia que já esteve instalada na cidade na década de 1990 até o início dos anos 2000, com outros proprietários, foi retomada por mãe e filha, com o objetivo de oferecer uma nova opção à gastronomia local.

 

A Chicken-in é uma rede brasileira, inaugurada em 1967, com franquias espalhadas por todo o território nacional. Para a empresa, o processo artesanal com que os cortes de frango são condimentados é o que confere o sabor especial de seus pratos e destacam a marca.

A rede é pioneira no ramo de franquias de alimentação no Brasil, moldada na rede americana Chicken-In-the-Basket, trazido para o Brasil por dois americanos residentes em Campinas, onde foi inaugurado o primeiro restaurante em 1967.

“A franquia Chicken-in já estava na memória de muitos bebedourenses, então pensamos em trazer de volta este mesmo sabor, tanto para quem já era cliente desde a década de 90, como aos mais jovens, que não conheciam a franquia e buscavam frequentemente por uma opção diferente para saborear e, especialmente, dividir com os amigos”, conta Isabella Nadalin, em entrevista à Gazeta.

Oferecendo três opções aos seus franqueados, que são loja de rua, de shopping e delivery, as empresárias de Bebedouro optaram pelo formato delivery, visto que a unidade foi aberta em meio à pandemia: “Inicialmente, optamos por abrir em formato delivery, para manter a segurança de clientes e funcionários. Mas temos planos, para um futuro próximo, de expandir nossos negócios para uma loja física, proporcionando um ‘algo a mais’ à experiência do cliente”, afirma a jovem proprietária.

A chegada

Sua inauguração em fevereiro gerou tumulto na cidade e travou o sistema de delivery da franquia. “Fomos muito bem recebidos e conseguimos despertar a curiosidade dos clientes, com nosso cardápio diferenciado. Nos primeiros dias, foi difícil atender toda a demanda, que foi muito maior do que imaginávamos, mas com o tempo, aprendemos a lidar com esse desafio, otimizando nosso trabalho e melhorando o atendimento ao cliente, nos adaptando para que os pedidos fossem mais rápidos, de forma vantajosa para ambos os lados”, destaca Nadalin, relembrando que, nos primeiros dias após a inauguração, o WhatsApp da loja chegou a receber mais de 300 mensagens de pedidos, em um único dia.

Passado o tumulto pós-abertura, a franquia bebedourense recebe hoje, em média, de 40 a 60 pedidos diários, com maior movimento em fins de semana, elaborados por equipe de 11 funcionários, incluindo as proprietárias, mais quatro cozinheiros, três entregadores, manutenção e administrativo.

O que oferece

O estabelecimento é especializado em frango frito empanado crocante, de diferentes cortes, porções e tamanhos. Segundo Nadalin, o cardápio possui porções inteiras e meias de peito de frango ou coxa e sobrecoxa, além das porções únicas de iscas de frango, “também chamados de sassami, que são pequenos filés da parte interna do peito”, explica a proprietária.

A postos – Na Chicken-in Bebedouro, o serviço em formato delivery só funciona com agilidade porque a equipe trabalha unida como uma família.

 

Também são vendidas individualmente, porções de batata frita tradicional, com cheddar e bacon, polenta frita, onion rings e os combinados de frangos  e porções, que servem de duas a três pessoas.

Os baldes de frango frito, que servem de três a seis pessoas, são sucesso entre os clientes. Há também os molhos especiais de ketchup, barbecue, queijo, maionese, mostarda, entre outros, vendidos separadamente.

A faixa de preço, dentre todos os produtos, varia de R$ 15 a R$ 72, dependendo do tamanho das porções.

Novidades

Lançados na semana passada, os chicken sandwiches são novidade no cardápio da Chicken-in, em território nacional, incluindo a unidade bebedourense. “Temos cinco opções: sandwiche tradicional, salada com mostarda e mel, cheddar, barbecue e bacon, catupiry e bacon. A aceitação ao lançamento tem sido muito positiva”, comemora a proprietária.

Nadalin conta ter recebido de um dos clientes, feedback positivo dos novos lanches: “Este cliente disse que, apesar de não ser ‘fã’ de lanches de frango, surpreendeu-se por ser o nosso frango, com nosso tempero e prometeu pedir mais vezes”.

Serviços

Funcionamento: De terça-feira a domingo, das 18h30 às 23h
Endereço: Rua Nossa Senhora de Fátima, 1210
Contato: (17) 99793-6990
Redes sociais: @chickeninbebedouro

Publicado na edição 10.608, de 11 a 14 de setembro de 2021.