Bebedouro registra queda em casos e óbitos e município flexibiliza medidas restritivas

Dados da plataforma Info Tracker, mostram que a taxa de transmissão da Covid-19 na regional de Barretos caiu 48% entre os dias 26 de junho e 11 de julho, saindo de 1,73 para 0,90.

0
59
(Dados: Vigilãncia Epidemiológica de Bebedouro)

Bebedouro começa a semana com queda no número de casos e também de óbitos. Desde o último Boletim Epidemiológico, divulgado na quinta-feira (8) até o desta terça-feira (13), são 118 novos casos positivos de Covid-19, registrados durante o feriado prolongado. Com isto, a cidade soma 10.836 infecções, desde o início da pandemia, além de 1.016 pacientes de outras cidades, diagnosticados em hospitais locais.

Atualmente, são 163 positivados, em isolamento domiciliar, sendo monitorados pela Vigilância em Saúde, e outros 47 aguardando resultados de exames.

O número de novos casos vem diminuindo, semanalmente. Entre os dias 19 e 29 de junho, Bebedouro registrou 646 positivados. Uma semana depois, entre os dias 30 de junho e 7 de julho, foram 424 notificações positivas, representando queda de 34,36%. Já na semana de 8 a 13 de julho, a cidade contabilizou 138 positivados, com média móvel em 14 dias de 40,14 casos/dia.

A ocupação de leitos no Hospital Estadual segue em 100%, com 20 pacientes em estado grave. Na rede privada, quatro pessoas utilizam os leitos Covid, resultando em 36,36% de ocupação. A UCE (Unidade de Cuidados Especiais), do Hospital Municipal, atende três pacientes em estado grave. Outros 13 bebedourenses estão internados em UTIs de outros municípios.

Há ainda 38 pacientes internados em enfermarias da cidade, sendo sete no Hospital Municipal, 20 no Hospital Estadual e 11 na rede particular.

Óbitos

Desde a última atualização, realizada na quinta (8), uma vítima fatal da doença foi adicionada ao Boletim Epidemiológico: homem, 31, sem comorbidades, que faleceu na rede privada. Desde o começo da pandemia, foram 294 pessoas que morreram em decorrência da doença.

Na semana anterior, não houve acréscimo de óbitos no boletim, somente as computadas no dia 2 deste mês.

Taxa de transmissão

Dados da plataforma Info Tracker, desenvolvida pela USP (Universidade de São Paulo) e Unesp (Universidade Estadual Paulista), mostram que a taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 na regional de Barretos caiu 48% entre os dias 26 de junho e 11 de julho, saindo de 1,73 para 0,90.

Isto significa que, no dia 26 de junho, cada 100 pessoas contaminadas transmitiram o vírus para outras 173, aumentando potencialmente os casos da doença. Já a partir de domingo (11), a mesma quantidade de 100 contaminados transmite o vírus para outras 90, com “provável controle de transmissão”.

As quatro primeiras posições estão ocupadas pelas regiões da Grande São Paulo, com taxa de 1,09 a 0,93. Barretos ocupa o 2º lugar no ranking das regiões paulistas. Dentre as regiões próximas, Araraquara apresenta índice de 0,85; Ribeirão Preto, 0,66, e São José do Rio Preto, a transmissão é de 0,58.

Ainda de acordo com o site, a taxa de transmissibilidade do novo coronavírus na regional de Barretos pode chegar a 0,55 em 18 de julho.

Levantamento da Imperial College de Londres indica que o Brasil registrou a menor taxa de transmissão até o momento, de acordo com dado consolidado até segunda-feira (12) e chegou a 0,88.

Flexibilizações

Na segunda-feira (12), a Prefeitura de Bebedouro publicou decreto flexibilizando o funcionamento de setores da economia. Com o Estado em “Fase de Transição” do Plano São Paulo, estabelecimentos comerciais podem funcionar até às 23h, com limite de ocupação de 50% de sua capacidade. Música ao vivo volta a ser permitida em bares e restaurantes, sem uso de pista de dança.

Serviços de transporte público voltam à normalidade, assim como o funcionamento de repartições públicas, a partir desta quinta-feira (15). Eventos festivos e comemorativos podem acontecer, com limite de 50 pessoas, incluindo convidados, organizadores e prestadores de serviço.

Ambulantes, com trailers e foodtrucks, continuam com atendimento presencial nos espaços públicos e com limite de três mesas com até seis pessoas, por comércio.

Também está autorizado o retorno das práticas de esportes coletivos, bem como supermercados e similares podem voltar com atendimento até às 22h. A restrição de circulação de pessoas está proibida das 23h às 5h.

As penalidades para quem não cumprir as medidas são de R$ 1.095 para pessoas físicas e de R$ 10.950 para pessoas jurídicas, além da imediata lacração do estabelecimento e da comunicação às autoridades competentes para a instauração de inquérito para apuração do crime do art. 268 do Código Penal.

Medida escolar preventiva

Seguindo as medidas de segurança, a escola Sesi de Bebedouro enviou e-mail às famílias informando que em caso de viagens ou participações em reuniões familiares ou festividades, ocorridas no período de feriado prolongado, o estudante deverá retornar às aulas presenciais apenas uma semana após o retorno da viagem ou das festividades.

Publicado na edição 10.592, de quarta, quinta e sexta-feira, 14, 15 e 16 de julho de 2021.