Câmara aprova R$ 156 mil para a Saúde

Vereadores do PMDB conquistam emenda de R$ 500 mil para o hospital municipal.

0
390

Os vereadores aprovaram em regime de urgência, abertura de crédito de R$ 156 mil, para a compra de material de consumo aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), do Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira, na sessão de segunda-feira (27).
Trata-se de recurso de convênio da Prefeitura com o Governo Federal e com o Fundo Nacional de Saúde, por meio do Programa de Financiamento das Ações de Alimentação e Nutrição.
Os vereadores também aprovaram projeto do Legislativo que concede título de ‘Cidadão Bebedourense’ ao secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo, Samuel Moreira (PSDB). O projeto é de autoria do tucano Fernando Piffer, que falou sobre a carreira política do deputado, que foi prefeito de Registro por dois mandatos consecutivos, 1997-2004, “foi considerado o melhor prefeito do Estado de São Paulo, de acordo com pesquisa da revista Isto É, de 2000”.
Samuel Moreira foi eleito com 227.210 votos, o 9º mais votado do Estado e o 23º entre os 513 federais eleitos no país. Piffer destacou os recursos do deputado, destinados a Bebedouro. “Ele tem aberto as portas, agilizado os projetos em prol da cidade”.
Também foi aprovado requerimento de autoria do vereador Nasser Abdallah (Rede), solicitando informações do processo seletivo de provas e títulos, promovido pela Secretaria Municipal de Educação.

Emenda

Os vereadores do PMDB, Paulo Bola e Mariângela Mussolini, conseguiram emenda parlamentar de R$ 500 mil que será destinada à compra de equipamentos para o Hospital Municipal Júlia Pinto Cadeira. O recurso vem do deputado federal, Baleia Rossi (PMDB).
Os vereadores reuniram-se com a Presidência do Diretório Municipal do partido e com os assessores do deputado Baleia Rossi, Adriano Quércia e Paulo Roberto Marques, em 21 de março.
Na tribuna, Mariângela Mussolini agradeceu ao deputado federal Baleia Rossi e anunciou que está elaborando projeto de arborização para a cidade. “Esse é um projeto em estudo com um biólogo e temos alguns exemplos de árvores que podem ser plantadas na cidade”, disse a vereadora.
Mussolini leu frase do discurso do prefeito Fernando Galvão (DEM) na posse, em 1º de janeiro deste ano: “Quem planta tâmaras, não colhe tâmaras. Se nós não a plantarmos, ninguém irá colhê-las. Então, estamos plantando para os nossos filhos e netos. Vamos começar o trabalho para eles”, repetiu a vereadora, pedindo a união de todos, para viabilizar o projeto de arborização.

Publicado na edição nº 10110, de 30 e 31 de março de 2017.