Com isolamento em baixa, casos em Bebedouro sobem para 69

Nas cidades vizinhas, casos e mortes continuam crescer e duas decretam funcionamento apenas de serviços essenciais.

0
236

Bebedouro soma 69 casos positivos da Covid-19, de acordo com levantamento da Vigilância Epidemiológica, até o início da noite de quarta-feira (10). Até sexta (5), eram 61 pacientes com a doença, mas o valor aumentou no final de semana, passando para 63 na segunda (8) e também durante os primeiros dias desta semana, com 69 casos até o fechamento desta edição.
Dentre os pacientes confirmados com o vírus, 52 são de Bebedouro e 17, moradores da microrregião, atendidos em hospitais da cidade. Os casos que receberam diagnóstico negativo para o novo coronavírus subiram para 226, sendo 179 de Bebedouro e 47 da região. Outras 20 pessoas aguardam resultados, 15 bebedourenses e cinco da microrregião, além de 41 pacientes recuperados da doença.
São dois óbitos de bebedourense, sendo o mais recente, notificado em 1º de junho, vítimas de câncer e em tratamento em Barretos, onde contraíram Covid-19 e foram a óbito.
Há quatro bebedourenses em internações graves, sendo dois na UTI da Unimed e dois em Barretos. Bebedouro soma também seis pacientes em enfermarias, sendo um em Barretos, um no Hospital Municipal e quatro na Unimed.
Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Thais Teixeira, os pacientes de Bebedouro que estão em Barretos, estão contabilizados como casos suspeitos em Bebedouro. Eles deram entrada pela UPA 24h, onde os exames foram coletados. Por necessitarem de internação na UTI, foram encaminhados para a cidade vizinha.

Índice de isolamento
O Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente), que contabiliza o índice de isolamento das cidades paulistas com população acima de 70 mil habitantes, aponta que o isolamento em Bebedouro, na terça (9), colocou a cidade em 16º lugar, entre as 20 melhores do estado, porém, se mantém longe do índice ideal de 70% apontado pelo Governo de SP.
O último levantamento divulgado pela Gazeta, na edição de sábado (6), mostrava que, na quinta-feira (4), o isolamento da cidade ficou em 49%, em 11º lugar no ranking estadual. Na sexta (5), a taxa baixou e seguiu em 49%; no sábado (6), caiu para 46%; e no domingo (7), mesmo tendo aumentado para 52%, não esteve entre as melhores. Na segunda (8), baixou para 48% e na terça (9), sofreu leve queda, passando para 47%.

Cidades vizinhas
Assim como em Bebedouro, as micro e pequenas cidades da região, que não estão contabilizadas no Simi-SP, também apresentam aumento de casos e mortes nas últimas semanas. Os dados compilados e apresentados pela Gazeta foram computados até a tarde de quarta (10), de acordo com dados das Prefeituras.
Vista Alegre do Alto, com cerca de 8 mil habitantes, decretou lockdown por três dias, de sábado a segunda (6 a 8), após os casos aumentarem mais de 300% em uma semana. Com 30 casos e duas mortes, em Vista Alegre, apenas serviços essenciais estão em funcionamento.
Outra micro cidade que decretou atendimento apenas em serviços essenciais foi Terra Roxa, com 9 mil habitantes, que soma 25 casos e um óbito.
Em Colina, são 25 casos e duas mortes; Jaborandi tem 23 pacientes com Covid-19 e um óbito; em Monte Alto, são 47 casos e uma morte; Guaíra soma 51 pacientes positivos; Pirangi tem sete confirmações e um óbito registrado; Taiúva e Taquaral tem um caso cada; Taiaçú soma 10 casos; já em Taquaritinga e Monte Azul, são 17 cada; em Viradouro, nove confirmações e dois óbitos; em Pitangueiras, nove casos e uma morte; e Cândido Rodrigues tem sete casos positivos, dentre eles, o prefeito da cidade, Antônio Cláudio Falchi.

 

Publicado na edição nº 10492, de 11 a 16 de junho de 2020.