Confira a capa da Gazeta, edição de nº 10463, de 12 a 14 de fevereiro de 2020

CDHU: 20 mil pessoas no estádio para acompanhar sorteio

0
191

Com a presença de 20 mil pessoas, mais autoridades, dentre eles, o governador em exercício, Rodrigo Garcia (DEM), no estádio Sócrates Stamato, foi realizado o sorteio das 234 casas do empreendimento “Bebedouro H”, através da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).
Antes da abertura dos portões, às 8h, a fila de inscritos foi do lado de fora do estádio. Ansiosos para o sorteio, um a um, os candidatos à casa própria depositaram suas senhas nas urnas, de acordo com a cor indicada, orientados por funcionários dos departamentos de Habitação, Promoção Social e CDHU.
Em seu pronunciamento, o secretário estadual de Habitação, Flávio Amary, ressaltou que só serão contemplados e receberão as chaves de suas casas aqueles que não têm moradia própria. “Quem tiver casa, pode ir embora, este sorteio é para quem precisa. Os melhores fiscais são vocês, população de Bebedouro, por isso, nos ajudem manter a justiça nos processos. E se por alguma razão, as pessoas que não merecem, forem sorteadas, não receberão as chaves, é assim que trabalha o governo de São Paulo, com honestidade”, concluiu.
Após o sorteio de 50 beneficiados, o governador em exercício Rodrigo Garcia fez seu pronunciamento, afirmando estar trabalhando para implantar em Bebedouro o programa ‘Nossa Casa’, em parceria com o prefeito Fernando Galvão e o secretário Lucas Seren. “Saímos daqui com o compromisso de ajudar Bebedouro a conquistar mais unidades habitacionais, trazer mais recursos e auxiliar o prefeito a fechar seu mandato com chave de ouro”.
Quem não acreditava na conquista da sonhada casa própria era o senhor João Ribeiro: “Esta casa é muito importante e um presente de Deus para mim. Por algum tempo, morei com minha irmã, mas de uns tempos para cá, estou dormindo nas ruas. Durmo na igreja, porque assim, Deus me protege. Minhas roupas ficam escondidas no mato”.
Com praticamente 90% das obras das moradias prontas, o Departamento de Habitação trabalha em conjunto com demais setores municipais para concluir a infraestrutura do conjunto habitacional, como asfalto, rede de esgoto, água e eletricidade. Devido a elaboração, execução e finalização do projeto da CPFL realizado por terceiros, a previsão de entrega das casas é até final de julho.