Contra o abuso

0
154
O Educandário Santo Antônio também esteve presente na passeata Faça Bonito, em 18 de maio. (Gazeta)

No mês de maio, mês de luta e combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, o Educandário desenvolveu um relevante trabalho junto aos educandos e suas famílias. Durante a abordagem, atividades como rodas de conversas, filmes, teatros, criação de cartazes e debates, foram favorecidas aos educandos, afim de despertar o conhecimento, auto defesa e luta contra este crime que assombra nossas crianças e adolescentes.
O Educandário também esteve presente em diversos eventos da programação municipal, sendo representado pelas crianças, adolescentes, famílias e funcionários.
No dia 18, participou da passeata de protesto pelas ruas do comércio central, juntamente com outros órgãos e instituições. A passeata teve grande visibilidade, pela participação das crianças que carregavam cartazes, faixas e camisetas alusivas ao tema, sendo finalizada de volta na prefeitura com um ato cívico com os hinos Nacional, de Bebedouro e revoada de balões.
No dia 26, o Educandário integrou-se à passeata setorial da zona sul, conscientizando toda a comunidade. Deste segundo momento participaram o Educandário Santo Antônio, CRAS Sul, Colégio Convívio, Emef João Pereira Pinho, Escola Estadual Paschoal, Cemei Paulo Madeira e Apae.
Além dessas mobilizações, a instituição ainda participou de dois eventos de formação propostos pela Rede: no dia 17, no Unifafibe com o tema: “Violência contra crianças e adolescentes com deficiência – Prevenção e Enfrentamento.” No dia 31, na Casa dos Conselhos, com o tema: “Prevenir, identificar e intervir: o comprometimento profissional como fator de proteção para a vida da criança”.
De acordo com a coordenadora Samira Domeneck, a realização desse trabalho contribui diretamente para a formação e proteção das crianças e adolescentes, sobretudo para que também sejam atores, multiplicadores e defensores de seus direitos.

Publicado na edição nº 10140, de 15 a 19 de junho de 2017.