Crédito rural tem desempenho recorde no 1º mês: R$ 24 bilhões

O volume liberado do Plano Safra representou 50% a mais que no mesmo período do ano passado.

0
103

O desempenho do crédito rural nos primeiros 30 dias do Plano Safra 2020/2021 superou as expectativas, mostrando que o setor do agronegócio está descolado da crise conjuntural da economia em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Os números divulgados no Balanço de Financiamento Agropecuário da Safra 2020/2021, na quarta-feira (5), pela Secretaria de Política Agrícola do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), mostram que os R$ 24,15 bilhões contratados, no primeiro mês do Plano Safra representam volume 50% superior ao contratado no mesmo período do ano passado.
De acordo com a avaliação, observa-se crescimento em todas as modalidades de financiamento. O destaque mais significativo foi o aumento de 110% nos financiamentos de investimento, sendo contratados R$ 5,2 bilhões. São os investimentos em infraestrutura produtiva que asseguram a sustentabilidade da atividade ao longo do tempo.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10508, de 8 a 11 de agosto de 2020.