Estado antecipa vacinação contra Covid em até 30 dias

Até o fim de semana, Instituto Butantan dará informações sobre o início do pré-cadastro de voluntários para testar a ButanVac.

0
64
Vacina já – Acompanhado de sua secretaria executiva na área da saúde, João Doria anuncia a antecipação da vacinação contra Covid no Estado de São Paulo. (Divulgação/Governo do Estado de SP.)

“São Paulo será o primeiro Estado brasileiro a imunizar totalmente sua população. É a vitória do trabalho e da ciência, do respeito à saúde e à vida. É o senso de urgência para proteger vidas”. A afirmação é do governador João Doria ao anunciar, no domingo (13), em coletiva de imprensa, a antecipação da imunização contra a Covid-19 no Estado para o público em geral. Em média, cada faixa etária teve sua projeção antecipada em cerca de 30 dias, em comparação com o calendário divulgado anteriormente, na terça-feira (8), quando já havia sido antecipada em 15 dias.

“São Paulo antecipa em 30 dias a sua vacinação contra a Covid-19 e até 15 de setembro todos os paulistas, brasileiros e estrangeiros, residentes em São Paulo, já estarão vacinados com a primeira dose”, informou Doria, completando: “Dia 15 de setembro pode ser considerado como o dia da esperança, da mudança gradual, mas mudança segura. Tenho confiança que neste Natal, as famílias estarão reunidas, os amigos poderão se abraçar e as pessoas poderão voltar a viver com cautela, cuidado, sempre se protegendo e protegendo os demais, mas a história começa a mudar”.

Segundo a coordenadora geral do PEI (Programa Estadual de Imunização) Regiane de Paula, esta antecipação foi “planejada com base em remessas de vacinas previstas pelo Programa Nacional de Imunização. Em 15 dias, vacinaremos 7,45 milhões de pessoas na faixa etária entre 40 e 59 anos que entram imediatamente no programa de vacinação já em junho”.

ButanVac

Após autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a primeira fase de testes clínicos, o Instituto Butantan informou, também no domingo (13), que até o fim desta semana, terá início o pré-cadastro de voluntários para testar a ButanVac.

“Este é o estudo de fase 1, o que significa avaliar a segurança da vacina. Inicialmente serão 400 voluntários. Até o fim de semana, o site trará estas informações, mas serão permitidas pessoas acima de 18 anos, divididas em diferentes grupos: aqueles que ainda não tiveram contato com o vírus, aqueles que já tiveram a doença e o terceiro, com pessoas já vacinadas. Em cada um destes grupos, o estudo terá o seu objeto”, explicou Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, ressaltando que a autorização dos testes clínicos ocorreu pela Anvisa, na semana passada.

Os testes serão realizados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Confira as novas datas:

 

Público Data prevista
50 a 59 anos 16 a 22 de junho
43 a 49 anos 23 a 29 de junho
40 a 42 anos 30 de junho a 14 de julho
35 a 39 anos 15 a 29 de julho
30 a 34 anos 30 de julho a 15 de agosto
25 a 29 anos 16 a 31 de agosto
18 a 24 anos 1 a 15 de setembro.

 

 

Publicado na edição 10.586, de 16 a 18 de junho de 2021.