Europa amplia produção de laranja na safra 2020/2021

Já nas principais regiões citrícolas de São Paulo, chuvas intensas reduzem qualidade das laranjas.

0
45
Alerta – Chuvas intensas nas últimas semanas podem gerar danos aos pomares paulistas, reduzindo a qualidade das laranjas e aumentando a proliferação de fungos. (Gazeta)

A produção de laranjas na União Europeia deve ter alta na safra 2020/2021, de acordo com levantamento do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), divulgado pela CitrusBR. O bloco europeu deve colher 160 milhões de caixas de 40,8kg, o que representa alta de 5,6%, em relação à safra anterior e 3% acima da média dos últimos 10 anos.
A alta na produção europeia deve-se, principalmente, ao desempenho dos pomares da Espanha e Itália, que respondem por 80% da produção. Principal país produtor da Europa, a Espanha deve registrar produção de 83 milhões de caixas de 40,8kg, alta de 5,2%, em relação à safra anterior. Já a Itália deve ter crescimento de 12%, colhendo 45 milhões de caixas na safra 2020/2021. “Com o crescimento da produção da fruta, o USDA também prevê que a produção de suco de laranja na União Europeia cresça 8% nesta safra, chegando a 87.987 toneladas”, diz o levantamento.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.550 de 30 de janeiro a 2 de fevereiro de 2021.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDeferências
Próximo artigoA verdade acima de tudo