Falas de Orgulho

0
31
(Reprodução/Internet)

O programa exibido na TV Globo, na segunda-feira (28), ‘Falas de Orgulho’, foi tão bem produzido para representar a comunidade LGBTQIA+ que faltam adjetivos para elogiar tamanha produção.

O especial foi ao ar logo após a novela ‘Império’ e contou histórias reais de pessoas que se orgulham por ser quem são e as dificuldades que encontraram ao longo da vida. Os depoimentos foram cuidadosamente selecionados e o público pôde ver palavras, às vezes embargadas pela vontade de chorar, de pessoas que só querem viver em paz, com respeito, dignidade e amor.

‘Falas de Orgulho’ quebra uma barreira importante, pois há tempos não se vê algo tão representativo na televisão aberta, em pleno horário nobre. Não há como não se emocionar. E para aqueles que pertencem à comunidade LGBTQIA+, com certeza a identificação com alguma história foi grande e a representatividade também. Por mais programas assim.

Casa nova

Através das suas redes sociais, Angélica confirmou que está de casa nova. A mulher de Luciano Huck assinou com a HBO Max e apresentará, no streaming, um programa sobre astrologia. Ela também falou em entrevista ao site Notícias da TV, serem apenas rumores que seu nome estaria cotado para apresentar os programas solos em que os quadros do extinto ‘Domingão do Faustão’ irão se tornar. O ‘Show dos Famosos’ deve ter estreia no segundo semestre e ainda não foi confirmado quem irá comandar a atração, nas tardes de domingo, assim que a ‘Super Dança dos Famosos’ chegar ao fim. O contrato de Angélica com a plataforma de streaming pode ter brechas e ela, quem sabe, possa encabeçar um programa na Globo. É aguardar para ver.

Obra milionária

O remake de ‘Pantanal’ deve estrear no horário das 21h da Globo, no primeiro semestre de 2022 e com boa parte dos seus capítulos gravados. A ideia é que, pelo menos por enquanto, as novelas já entrem no ar com boa frente de capítulos gravados, tudo isso por conta da pandemia e de riscos de novas paralisações. Mas, gravações à parte, a Globo resolveu abrir a carteira e apostar bonito na produção deste remake. O portal ‘Na Telinha’ revelou que o orçamento, por capítulo, da nova novela, custará cerca de R$ 1 milhão. A trama está sendo adaptada por Bruno Luperi com supervisão do avô Benedito Ruy Barbosa, autor da trama original, da década de 90, exibido pela extinta Manchete. A direção caberá a Rogério Gomes.

Definido

Com a saída de Marcos Mion da RecordTV, a emissora ainda não tinha confirmado quem ficaria no comando da nova temporada de ‘A Fazenda’. Fim do mistério. Com estreia programada para o segundo semestre, o reality terá como apresentadora Adriane Galisteu, que está em alta na emissora.

Mais um tabu

A Globo quebrará mais um tabu na televisão aberta. Em cena prevista para ir ao ar em 14 de julho, os personagens Renatinha e Catatau irão se beijar e devem terminar a trama de Daniel Ortiz juntos e felizes. Para quem não sabe, Juliana Alves, que interpreta Renatinha é mulher cisgênero e Catatau, interpretado por Bernardo de Assis é um homem trans.

“Não foi uma escolha difícil”

Leandra Leal esteve no palco do ‘Altas Horas’, no sábado (26 de junho). Ao conversar com Sérginho Groisman, a atriz aproveitou para criticar o atual governo e as posturas adotadas pelo presidente Bolsonaro, não somente frente à pandemia, mas também em seus discursos com várias causas. Leal disse: “Acho que tem uma autocrítica que a sociedade tem que fazer agora. Como a gente deixou o Bolsonaro ser eleito presidente? Como? Ele já falava sobre preconceito, já destilava o seu ódio, já falava sobre homofobia, já espalhava fake news. Não foi uma escolha difícil. Quem se permitiu achar que foi uma escolha difícil, relativizou a homofobia, o racismo”, enfatizou a atriz.

Publicado na edição 10.590, de sábado a quinta-feira, 3 a 8 de julho de 2021.