Gaeco conduz investigação de fraude na prefeitura de Barretos

0
334
Segundo o prefeito Guilherme Ávila (PSDB), estão supostamente envolvidas pessoas que atuam em diversos outros setores como Poupatempo e Secretaria de Saúde. (Divulgação)

A Prefeitura de Barretos informou que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) está responsável pelas investigações, desde o mês passado, da suspeita de fraude na folha de pagamento, que resultou no afastamento de servidores municipais. A fraude gerou rombo de R$ 11 milhões aos cofres municipais, o que pode ser ainda maior com a investigação de anos anteriores.

(…)

Leia mais na edição 10354, de 24 e 25 de janeiro de 2019.