Morre aos 79 anos, irmão de Pedro Maia

Santo Pereira Maia morava no ABC Paulista, deixa filhos e esposa.

0
237

Faleceu na segunda-feira (21), aos 79 anos, o representante comercial aposentado Santo Pereira Maia, irmão mais novo do também comerciante e um dos fundadores da Apae Bebedouro, Pedro Maia, juntamente com o jornalista Juca Caldeira, e outros bebedourenses.
Maia era natural de Pontal, e vivia, atualmente, em Santo André, região metropolitana de São Paulo com a esposa Amélia Yohoko Maia. Ele deixa 3 filhos: Adriana, Andreia e Leonardo.
Segundo seu sobrinho, o empresário Wardner Maia, filho de Pedro Maia, o comerciante estava doente, com problemas cardíacos há 6 cerca de um ano e já havia sofrido infarto. Sua morte se deu no Hospital São Bernardo, em São Bernardo do Campo, ABC Paulista. “Meu tio estava debilitado e fraco. Sua partida é uma perda irreparável para a família”, lamenta o empresário.
Seu corpo foi velado no Velório Municipal Arnaldo Daolio, na noite de segunda-feira (21), em Santo André e o sepultamento foi às 13h, na terça-feira (22), no Cemitério São João Batista, em Bebedouro.

Publicado na edição 10354, de 24 e 25 de janeiro de 2019.