Galvão é internado com diverticulite

0
166

Prefeito deve ficar sob observação médica por dois dias.

O prefeito Fernando Galvão foi internado na noite de segunda-feira (9), no Hospital Samaritano Unimed, devido a uma crise de diverticulite, que é uma inflamação no intestino. A previsão médica é de que ele fique internado por mais dois dias para tratamento clínico.

Segundo o vice-prefeito e cirurgião vascular Rômulo Camelini, Galvão começou a reclamar de dores abdominais na tarde de segunda (9). Imediatamente foi submetido a exames clínicos de Raio X e de sangue, que constataram infecção e suspeita de diverticulite, depois confirmada com o diagnóstico do gastroenterologista Toshio Zetchaku.

“No caso do Fernando Galvão, não houve rompimento, por isto, o tratamento será na base de medicamentos para desinflamação e dieta para evitar complicações”, explica o vice-prefeito.

As suspeitas das causas de diverticulite estão na irregularidade de hábitos alimentares até estresses. O prefeito deverá ficar internado entre dois e quatro dias, depois liberado para mais dois dias de repouso domiciliar.

De acordo com o diretor de Gabinete, Archibaldo Brasil Camargo, Galvão permanece despachando do quarto onde está internado. Camelini representará o prefeito em viagem a São Paulo para assinaturas de convênios e busca de recursos em secretarias estaduais, previamente agendadas.

Segundo o boletim médico do final da tarde de terça-feira (10), o prefeito apresentou evolução satisfatória do quadro preliminar.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEdição nº 9594
Próximo artigoFalta de jogo de cintura