Junho – quermesses bebedourenses: fora da caridade não há salvação!

0
106

“Se Allan Kardec tivesse escrito que ´fora do Espiritismo não há salvação´, eu teria ido por outro caminho. Graças a Deus ele escreveu ´Fora da Caridade´, ou seja, fora do Amor não há salvação”. Chico Xavier

Abençoados sejam todos os lares onde a caridade perpetua acima de tudo quando o quesito é otimizar o tempo de lazer no entretenimento noturno das quermesses de Bebedouro, numa função altruísta e social!
Abençoados sejam todos os pais que compartilham da caridade fora de seus lares, proporcionando não só aos filhos e esposa o conforto, pela caridade de frequentarem as quermesses!
Que grande luz acaricia a este coração que sabe que a necessidade física não existe apenas no lar entre os entes queridos, mas também se aglomera nas ruas e em todos os lugares que habitam os desprotegidos que serão, a posteriori, ‘auxiliados’ pela caridade dos proventos provindos das quermesses!
Mil vezes seja louvado onde a caridade habita nos corações bondosos de todos os pais de família, que proporcionam a todos seus próximos a divisão honesta e digna aos mais carentes pelas necessidades físicas, cooperando e apregoando a cultura das quermesses como válvula motriz de lucidez e socialização!
Sempre ao fazer a caridade pelos desprotegidos momentaneamente pela fome de solidariedade, leve ou mesmo deixe por saber aos olhos de cada filho seu, a divina missão do compartilhar aos necessitados, orientando que a caridade não é e nunca deverá ser humilhante para quem recebe, mas sim um fato simples e corriqueiro de cada ser!
Faça com que seu filho admire e espelhe seus atos caridosos como uma missão divina, para num futuro próximo ele mesmo saiba que chegou sua hora, se possível assim for de dividir o ‘supérfluo’, existente em suas posses, com aqueles que necessitam de ajuda que surge da união social das quermesses, oriundas do Bem Comum – a Caridade!
Não deixe jamais a teus filhos jovens o apego e o egoísmo terrestre; jogue em cada coração de teus filhos a semente do divino saber celestial do amor ao próximo e da caridade espiritual e física. Faça tudo em prol da missão de cada ser humano como pai, para que um dia volte seus olhos a teus filhos, agora, chefes patriarcais, e veja a esplendorosa árvore que semeaste em cada coração, agora, frutificada pela divina luz do saber!
E que assim seja eternamente! Caridade, eis o imperativo!
Salve as quermesses – escada direta para a Caridade!

(Colaboração de Julio Cesar Sampaio, Licenciado em Filosofia com pós-graduação no ensino de filosofia).

(…)

Leia mais na edição nº 9856, dos dias 20, 21 e 22 de junho 2015.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFrase do Dia
Próximo artigoGente