Justiça nega agravo de instrumento à Câmara de Bebedouro

Com isso, Casa de Leis deve manter redução nos salários de vereadores, seguindo ação popular impetrada por advogados de Ribeirão Preto.

0
29

O Poder Judiciário negou provimento ao “Agravo de Instrumento deferimento de tutela de urgência ação popular” impetrado pela Câmara Municipal de Bebedouro para que os salários dos vereadores, bem como do presidente do legislativo bebedourense, não fossem diminuídos.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10539, de 5 a 8 de dezembro de 2020.