Lutador morre durante competição em Pontal

Morador de Bebedouro, jovem passou mal durante evento de lutas marciais e faleceu a caminho do hospital.

0
966
Polícia Investiga - O atleta bebedourense Paulinho faleceu após lutar em evento de artes marciais em Pontal. (Divulgação/Redes Sociais)

O jovem Paulo Roberto dos Reis Júnior, 28, morreu durante evento de lutas marciais, na tarde de domingo (18), em Pontal.
De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima passou mal, após vencer a competição. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, e o jovem encaminhado para Santa Casa daquela cidade, mas já chegou sem vida. O corpo foi transferido para o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO).
Segundo o delegado Pláucio Fernandes, responsável pelo caso, o evento não tinha alvará para ser realizado, sendo que agora aguarda a conclusão dos laudos que apontará a causa da morte, para saber se poderia ou não ser evitada.
Ainda de acordo com Fernandes, também será apurado se no local da competição havia serviço médico à disposição dos participantes.
Lutador de muay thai, Paulinho como era conhecido na cidade, residia no Residencial Bebedouro. Natural de Passos (MG), o atleta era filho de Paulo Roberto dos Reis e de Maria Lúcia de Morais. Solteiro, não deixa filhos.
Em vídeo, divulgado nas redes sociais, amigos comentaram que, após disputar a luta, Paulinho teve uma queda de pressão e desmaiou, sendo realizado os primeiros socorros e encaminhado até a Santa Casa de Pontal.
Familiares e amigos postaram homenagens em rede social, afirmando não acreditar no ocorrido. “… custei acreditar, procurei o face do meu amigo inúmeras vezes, querendo uma certeza que era só um susto. Mas, infelizmente, o Senhor o recolheu. Difícil pensar no Paulinho e não lembrar da Dona Lúcia, mulher cheia de luz, dona de um sorriso contagiante e cheia de bons conselhos para a meninada do bairro. É com muita dor que me despeço dessa pessoa humilde, parceiro de todos, menino cheio de sonhos… É, a vida é trem bala, parceiro!”, diz a nota de Lyu Kastro.
O corpo de Paulinho foi velado no Velório Municipal e sepultado, na tarde de segunda-feira (19), no Cemitério de João Batista. A Polícia Civil de Pontal registrou o caso como morte suspeita.
A Gazeta solidariza-se com os familiares.

Publicado na edição de nº 10420, de 21 a 23 de agosto de 2019.