Ministério proíbe entrada de produtos suínos no ingresso de viajantes ao Brasil

Medida pretende evitar que a Peste Suína Africana (PSA) chegue ao país. A proibição é temporária.

0
45
(Foto: Antônio Carlos Mafalda/Secom)

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) adotou mais uma medida preventiva para evitar a introdução do vírus da Peste Suína Africana (PSA) no país. A partir de 10 de setembro ficou proibida a entrada de produtos de origem suína de todos os países, em bagagens de viajantes que ingressarem no Brasil e bagagens desacompanhadas. A medida temporária vale para quem chegar ao país por via aérea, marítima ou terrestre. Até o momento, a restrição se limitava para entrada de produtos de origem suína de países com casos de PSA registrados nos últimos três anos.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.610, de 18 a 21 de setembro de 2021.