Ministério Público solicita novos documentos para apurar altos salários na Câmara

Segundo o Portal de Transparência, em julho, os supersalários de pelo menos cinco cargos continuam inalterados.

0
112

O Ministério Público do Estado de São Paulo, por intermédio da 4ª Promotoria de Justiça de Bebedouro, solicitou novos documentos e informações a serem anexados ao “inquérito civil com o objetivo de apurar se o salário dos servidores da Câmara Municipal de Bebedouro está de acordo com a Constituição Federal (art. 37, inciso XI), especialmente os cargos de Chefe de Gabinete da Presidência e de Assistente Técnico de Gabinete”.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10512, de 22 a 25 de agosto de 2020.