Montagem do espírito de Natal

0
204

Novo horário de funcionamento e enfeites estão sendo colocados nas ruas.

Tarde de segunda-feira (2), funcionários da Prefeitura corriam para terminar a instalação dos enfeites natalinos na região central. Defronte à Igreja Matriz de São João Batista, trabalhadores continuam a montagem da decoração e do presépio. Nas duas praças centrais, parceria público privada, deixará a região como centro de visitação.
Para completar este quadro, na sexta-feira (6) começa o novo horário de funcionamento do comércio central, elaborado após acordo entre os sindicatos patronal e dos empregados. Enfim, então é Natal.
Serão três semanas de foco na venda de presentes e no turismo à região central. Tudo isto é importante porque o comércio e a prestação de serviços são atualmente os maiores geradores de empregos na cidade.
Porém, Natal não é só compra de produtos, mas cabendo a todos refletir sobre os conceitos cristãos tão bem divulgados nesta época do ano.
O Novo Testamento é didático em todos os evangelhos ao colocar como centro das atenções, o esforço familiar do nascimento de uma criança. Naquela fase da história mundial já existiam poderosos impérios como o romano, guerras, fome e luta pelo lucro, exatamente como vivemos nos dias atuais.
O papa Francisco foi oportuno em sua recente carta pedindo ao mundo para rever a prioridade em obter dinheiro a qualquer custo, inclusive de vidas. Compremos presentes, mas invistamos no aprimoramento de nossas relações com o próximo e com quem nem conhecemos, mas necessitam de ajuda ou carinho.

Publicado na edição nº 9630, dos dias 3 e 4 de dezembro de 2013.