Morre aos 60 anos, José Humberto Dias, o Pelé

Nascido em Igarapava, o atual presidente do Patrô deve ser velado por algumas horas em Bebedouro"

0
286

José Humberto Henrique Dias, 60, o Pelé, fazia tratamento contra câncer nos rins e estava na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), do Hospital de Clínicas de Ribeirão Preto e na segunda-feira (24) faleceu.
Estava programada a chegada de seu corpo às 20h, no velório municipal, ainda na segunda, onde deveria ser velado até as 4h da manhã, para seguir para a cidade de Igarapava onde será sepultado.
Há 3 anos, Pelé estava à frente da Sociedade Recreativa José do Patrocínio. Por muitos anos foi massagista da Inter, integrou comissões técnicas do Lobo Vermelho, sempre respeitado por toda a delegação. Pelé também era liderança no movimento negro, no Estado de São Paulo. Pelé deixa mulher e quatro filhos.
“Um grande amigo, um irmão, muito trabalhador, fez o possível e o impossível pelo Patrô, um lutador. No meu ponto de vista, um dos melhores presidentes que já tivemos. Vai fazer muita falta”, diz Walter Martins, integrante do clube, que também confirma que, na próxima semana, os membros da diretoria devem se reunir para discutir o destino da presidência da Associação.
A Gazeta se solidariza com amigos e familiares.

Publicado na edição nº 10156, de 25 e 26 de julho de 2017.