Olhar

0
278
(Kleber Domingos)

O fotógrafo Kleber Domingos enxerga através de suas lentes o que nós, simples mortais, não conseguimos alcançar. A foto estampada na capa da Gazeta, em homenagem à cidade em seu aniversário de 137 anos e esta que ilustra o Sobrevoo são uma dádiva para os olhos de quem ama essa terra. Obrigada Kleber por nos conceder o privilégio de publicá-las para instigar nossos leitores a praticar o sentimento de orgulho por esta terra para assim, cuidá-la melhor.

Frase da semana

“A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem;
a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão;
a coragem, a mudá-las.”

Santo Agostinho

 

Tempos difíceis

Que eu não perca a capacidade de me indignar frente à sucessão de temeridades praticadas no Brasil, de maneira particular na esfera federal quanto ao enfrentamento da pandemia. Não podemos nem pensar que tenham virado banalidades.

Tempos difíceis 2

As mortes e os casos graves por Covid-19 na cidade têm crescido assustadoramente. Na semana de 16 a 23 de abril foram 16 óbitos e somente no final de semana que passou, mais sete pessoas foram vítimas da doença. Histórias e mais histórias nos são relatadas todos os dias, casos e mais casos de pessoas próximas com dificuldades inclusive de vagas para serem tratadas. Em meio a este caos ainda tem aqueles que duvidam e a classificam como um simples resfriado.

Vamos arrumar gavetas?

Estou fazendo um paralelo e ousando dar um conselho à secretária de Saúde, Silvéria Larêdo. Enquanto o HM está pegando fogo, e o Gripário com pacientes do lado de fora, extenuados, aguardando sua vez, sem saber se a terão, a secretária está impreterivelmente nas vacinações, de microfone em punho, organizando o que já está organizado. Não é hora de arrumar gavetas, secretária, líderes devem estar onde estão os problemas. Deixe as gavetas para quem já aprendeu como arrumá-las. As vacinações estão indo muito bem, obrigado, então vá direto ao ponto nevrálgico da pandemia. Peço desculpas pela intromissão em recomendar.

Alívio

Dramaturmaquia se reinventou na pandemia trazendo holofotes e arte a serem degustados em pequenas doses de alívio para nossas tensões. Pelas redes sociais do grupo de teatro, no sábado (24) foi a vez do ator Thiago Cabral apresentar seu Coringa. Vale a pena acompanhar e conferir cada ação cultural.

Casa nova

Defesa Civil e GCM já estão na casa nova, na avenida dos Antunes, ex sede dos Bombeiros, desde quarta-feira (28). Na mesa redonda da Gazeta, na edição de março, o comandante Lourival Padovan havia adiantado a mudança, cujo prédio passou por adequação de espaços, pintura geral, troca de fiação e construção de estacionamento, que garante maior agilidade na entrada e saída das viaturas para atendimento às ocorrências.

Vizinhos

A Tereos Brasil, subsidiária do grupo francês Tereos, segundo maior produtor de açúcar do Brasil e do mundo, já deu início à safra 2021/22 de cana-de-açúcar em suas sete unidades industriais no noroeste do estado de São Paulo, algumas bem próximas de Bebedouro. A expectativa é processar cerca de 20 milhões de toneladas da matéria-prima, sendo 65,4% de açúcar e 34,6% de etanol.

Investimento

Fundado e dirigido pelo jornalista Fernando Rodrigues no ano 2000, o site político Poder 360 anunciou na semana passada, que o empresário Frederico Trajano, filho de Luiza Trajano, do Magalu, comprou participação acionária de 25% de seu portal de notícias. Segundo o empresário, trata-se de uma iniciativa pessoal e não está vinculada à rede varejista. “Acredito no jornalismo profissional como um dos pilares da democracia e do aperfeiçoamento das instituições e tenho total afinidade com os princípios editoriais do veículo”, disse o empresário, em nota publicada no portal Imprensa.

Investimento 2

Com 32,3 milhões de páginas visualizadas, o Poder 360 bateu recorde de audiência no mês de março. O valor da negociação não foi revelado, mas o aporte de recursos será usado na expansão do Poder360. A operação inclui uma cláusula específica que assegura independência jornalística ao Poder360.

Em alta

Cooperativas de crédito cresceram 35% em 2020, mais que o dobro do sistema financeiro convencional, que foi da ordem de 15,6%, segundo informações do Banco Central, em evento da OCB (Organização da Cooperativas do Brasil), na quinta (22). Além do crescimento, o sistema Sicoob fez uma pesquisa, que a Folha de São Paulo teve acesso, apontando que os cooperados teriam gasto R$ 8,3 bilhões a mais se tivessem optado pelo sistema convencional para suas transações. O cálculo foi feito com base na diferença entre os preços médios praticados nas cooperativas de crédito do sistema Sicoob e o sistema financeiro convencional.

Publicado na edição 10.575 de 1º a 7 de maio de 2021.