Detalhes de Frei Everton

0
294
Os olhos da serenidade (José Piutti)

As mãos do acolhimento (José Piutti)

Os pés da humildade (José Piutti)

Linha direta

Divulgação/Governo do Estado de SP

Gazeta

Os homens fortes da vacinação do Brasil, secretário Jean Gorinchtheyn, governador Dória e Dimas Covas têm garantido que a vacina contra a Covid chegue diretamente ao braço da bebedourense que recebeu o imunizante no Sambódromo, a bordo de sua moto.

 

Texto da semana

Igrejas fechadas

“Sem entrar no dilema ser contra ou a favor do fechamento das igrejas durante a pandemia, eu acho positivo as pessoas serem estimuladas a rezar dentro de casa. Porque tem muita gente que é uma coisa dentro da igreja e fora dela, principalmente em casa, é outra pessoa.

O bom comportamento não pode ser reservado apenas naquele momento do culto ou missa.
Além disto, quando assistimos cultos e missas dentro de casa, trazemos para o nosso ambiente, a prática de dedicar um tempo a Deus.

Sou integrante de uma equipe de liturgia da minha paróquia. Gosto de servir durante uma missa. Tenho saudade disso, mas também entendo que vivemos num momento de aceitar as recomendações de médicos, que na grande maioria, também são cristãos.
Para finalizar, duvido de qualquer cristão que use xingamentos e ofensas para defender sua fé. Jesus não usava de agressividade para pregar.
‘Somos muitos, formamos um corpo, e cada membro está ligado a todos os outros” – Romanos Capitulo 12, versículos 4 e 5’.”

Marco Antonio dos Santos, jornalista.

Liderança

A Coordenadoria Municipal de Turismo tem participação ativa na Região Turística Águas Sertanejas e seu líder, Marcus Lúcius Corrêa, para o biênio 2021/2023, será o presidente titular do grupo, escolhido na cerimônia on line de 29 de março.
Esta região turística do norte do Estado de São Paulo agrega 10 municípios: Barretos, Bebedouro, Colina, Guaíra, Guaraci, Monte Azul, Olímpia, Pirangi, Tabapuã e Viradouro, cuja característica é a forte presença de rios, águas termais, represas e lagos, e que faziam parte da rota por onde as boiadas passavam pela região, impactando na gastronomia, no artesanato e no folclore.

Líder

“É de extrema importância Bebedouro estar à frente dessa Região Turística, não somente pela visibilidade perante o Estado, mas também, por nosso papel enquanto articulador do fomento ao desenvolvimento do turismo local e regional”, argumenta Marcus Lúcius.

Doações à saúde

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu a doação de cerca de 500 quilos entre alimentos e produtos de limpeza da vizinha cidade de Taiaçú, através da sua GCM. Segundo o nutricionista do HM Bruno Dias, a doação destinada aos pacientes e acompanhantes é uma ação das mais importantes. “As cidades da região enviam pacientes para Bebedouro e nada mais justo que contribuam para o melhor atendimento de sua população”.

Visibilidade

Para manter a boa leitura dos sinais de trânsito, o Departamento de Tráfego segue fazendo manutenção da sinalização de solo em vários pontos da cidade, inclusive da pintura da ciclo faixa entre rua São João e viaduto dos Ferroviários.

A vez do campo

O Departamento de Obras e Convênios fez manutenção em algumas estradas rurais, como BBD 151, a conhecida estrada do Pica Pau, e BBD 475, ambas ligam Bebedouro a Andes. É a voz do campo sendo ouvida.

A vez dos vulneráveis

É preciso atualizar o CadÚnico (Cadastro Único) no Departamento de Promoção e Assistência Social, para manutenção dos benefícios de assistência social BPC/Loas, que é a garantia constitucional de benefício de um salário mínimo, a pessoas com deficiência e a idosos com mais de 65 sem meios de prover sua manutenção. A atualização pode ser feita no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo da casa do beneficiado.

Socorro

Para ampliar o atendimento aos pacientes de Covid, com 100% de ocupação de leitos há mais de 20 dias, devem ser inaugurados nesta próxima semana, dez novos leitos de UTI no Hospital Estadual, reivindicados pelo consórcio Codevar, através do prefeito Lucas Seren e intermediados pelo deputado federal Geninho Zuliani ao Governo do Estado de São Paulo.

De longe

Guardando isolamento por causa da Covid que acometeu sua esposa Sabrina e sua filha, o presidente da Câmara Jorge Cardoso presidiu a sessão de segunda (12), de forma remota. Tanto na Palavra Livre como na Explicação Pessoal, os vereadores só acrescentaram indicações de recolhimento de entulho e lixo, conserto de buracos, vacina para deficientes, agradecimentos por pedidos atendidos e requerimentos e mais requerimentos, cuja média já é a maior da história, cinco por sessão, um para cada dia útil do servidor, que deixa suas funções para respondê-los. O trabalho? Ah quem se importa com o trabalho…

Fora de propósito

O ponto inoportuno e inadequado ficou novamente por conta do vereador Chanel, que quer porque quer que o IPTU deixe de ser cobrado por causa da crise econômica advinda da pandemia. De onde será que viriam os recursos para custear os serviços públicos, que o próprio vereador continua exigindo que sejam não só prestados, mas ampliados? Pesquisa para a próxima aula.

“Meia”

Referindo-se ainda à Gazeta, o vereador reclamou que sua colega Ivanete Xavier havia sido “meia achincalhada” pelo veículo de comunicação. Vale ressaltar que aqui não se ridiculariza ou se menospreza ninguém. O que expus foi a linha de raciocínio equivocada da vereadora ao analisar o contrato da Fundação da Universidade Federal de Santa Catarina, alvo de polêmicas inusitadas. Apenas isto.

Publicado na edição 10.571 de 17 a 20 de abril de 2021.