Pela 1ª vez neste ano, Bebedouro não registra casos de Covid em 24 horas

Entre julho e agosto, tanto casos quanto óbitos recuaram em Bebedouro, segundo dados da Secretaria de Saúde, compilados pela Gazeta.

0
34
(Fonte: Vigilância Epidemiológica de Bebedouro)

Pela primeira vez este ano, Bebedouro não registrou nenhum caso de Covid-19 em 24 horas, de acordo com os boletins epidemiológicos de quinta (9) e sexta-feira (10).

Desde a última publicação da Gazeta de Bebedouro, na sexta-feira (3), o número de casos positivos passou para 12.131 pacientes. Em uma semana, são 13 novos casos da doença, na cidade.

A Vigilância Epidemiológica monitora 21 pessoas positivadas, em Bebedouro, isoladas em suas residências. Outros 24 pacientes aguardam resultados de exames.

Neste mesmo período, um óbito foi registrado pela doença e inserido no boletim epidemiológico, divulgado na quarta-feira (8). A última morte, mulher, 90, com Alzheimer, estava internada no Hospital Estadual. Até sexta-feira (10), a cidade registrou 334 vítimas fatais do vírus, desde o começo da pandemia.

A ocupação de leitos de UTI no Hospital Estadual está em 35%, com sete pacientes em estado grave e seis na enfermaria. Um único bebedourense está internado em estado grave na Unimed e um na enfermaria. No Hospital Municipal, na UPA 24horas e nos hospitais da região, não há pacientes em UTIs ou enfermarias.

Casos e óbitos em queda

Entre julho e agosto, tanto o número de casos como de óbitos recuaram em Bebedouro. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, compilados pela Gazeta de Bebedouro, em julho foram registrados 1.304 casos positivos da doença contra 411 no mês seguinte, queda de 68,48%. Já o número de mortes, permaneceu estável com 18 vítimas fatais em cada um destes meses.

Em um ano de pandemia, de 1º de março de 2020 a 28 de fevereiro de 2021, Bebedouro somava 3.233 notificações positivas e 88 mortes. Em março, foram 669 novos casos contra 839 em abril, crescimento de 25,41% entre os meses. O número de óbitos também cresceu, passando de 15 para 46 vítimas fatais, alta de 206,66%.

Maio é considerado o epicentro da doença em Bebedouro, quando a Secretaria de Saúde contabilizou 3.142 novos casos, resultando em 75 mortes. Em junho, a contaminação foi freada pelos 11 dias de lockdown, e a cidade registrou 2.512 novas infecções e 68 mortes, quedas de 48,08% e 9,33%, respectivamente.

Neste mês, de 1º a 10 de setembro, são 21 casos positivos e seis mortes, até o boletim divulgado na sexta-feira (10).

Publicado na edição 10.608, de 11 a 14 de setembro de 2021.