Pesquisadoras diminuem em até 60% calorias do suco de laranja

Através de tecnologia inédita, sacarose é ‘pescada’ da bebida, sem alterar aroma, cor, textura e sabor.

0
120
Inovadoras – Nas fotos, as pesquisadoras que desenvolveram tecnologia inédita, possibilitando a retirada da sacarose do suco de laranja, sem interferir nas qualidades da bebida. Da esquerda para direita, Carolina Scachetti, Stephanie Fulaz e Ljubica Tasic.

Na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), grupo formado por três pesquisadoras é responsável por projeto inédito na indústria da citricultura. Através de nanotecnologia, possibilitaram a remoção integral da sacarose presente no suco de laranja, diminuindo em até 50% as calorias da bebida, sem alterar sua aparência, consistência e sabor. Com fase de testes laboratoriais finalizada, provando o êxito do procedimento, a professora do Instituto de Química da Universidade e coordenadora da pesquisa, Ljubica Tasic, confirma que há potencial uso industrial na inovação.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.648, de sábado a sexta-feira, de 26 de fevereiro a 4 de março de 2022.