Prefeito rebate fake news: “Poupatempo não vai fechar”

Galvão reitera que unidade seguirá atendendo após pandemia e agregará ainda novas atividades.

0
97

Há semanas, circula nas redes sociais, especialmente em perfis falsos, a notícia de que o Poupatempo de Bebedouro fecharia suas portas definitivamente. Recompondo a verdade, na sexta-feira (24), o prefeito Fernando Galvão usou das mesmas redes para negar o fechamento da agência de Bebedouro e acusar sua oposição política de ser responsável pela divulgação dos boatos: “Com a pandemia, o trabalho do Poupatempo está sendo feito remotamente e o trabalho continua firme e forte, inclusive vai agregar novas funções, para auxiliar os contemplados pelas casas da CDHU, no Jardim São Carlos”, garante o prefeito, que esteve em São Paulo nesta semana, para incrementar este serviço ao Poupatempo.
A informação já havia sido abordada pela Gazeta, na semana passada, quando a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), responsável por administrar o programa Poupatempo no Estado, em nota, negou a informação: “o contrato de gestão com a atual empresa chegou ao fim e, conforme a lei, não pode ser renovado. Agora, com a conclusão da nova licitação, uma nova empresa assumirá a prestação de serviços da unidade do Poupatempo de Bebedouro”.

 

Publicado na edição nº 10504, de 25 a 28 de julho de 2020.