Pressão popular e articulação política podem mudar Bebedouro

0
119

O ‘Movimento Raul Furquim Sem Fim’ consegue reunir lideranças para brigar em favor da cidade e conquistar benefícios.

Quem conhece a dinâmica da História sabe que as mudanças nem sempre são promovidas por grandes lideranças. Precisa existir pressão popular feita pelo cidadão comum para mobilizar a comunidade. E aos lideres políticos cabe a função de fazer articulação de bastidores para garantir a vitória do interesse comum.
Por isto foi histórica a cena na sala de reuniões na sede da Superintendência do DER lotada com integrantes do Movimento, vereadores, o prefeito eleito Fernando Galvão (DEM), o atual prefeito João Batista Bianchini (PTB), deputados estaduais e representantes de deputados federais, na presença também do secretário estadual de desenvolvimento social, Rodrigo Garcia.
Nunca na história recente de Bebedouro tanta gente esteve reunida em torno do mesmo objetivo. Nas últimas três décadas, o que acontecia frequentemente era um político conseguir uma coisa boa para cidade, e outro político adversário, agir por debaixo do pano para impedir que isto acontecesse.
Na tarde de quinta-feira (22), o Governo de São Paulo resolveu atender a reivindicação para construção de viaduto sobre a duplicação da rodovia Armando de Salles Oliveira, porque notou a união de parcela significativa da sociedade bebedourense, em várias mobilizações e atos, todos noticiados nas reportagens da Gazeta.
Nenhum político perdeu tempo em dar entrevista para apontar culpados, mas gastaram energia para serem porta vozes das reivindicações dos moradores.
Por milagre, até o momento, nenhuma liderança política teve a infantilidade de discursar que foi o responsável pela construção do novo viaduto.
Ainda é cedo para dizer que viveremos daqui pra frente, um tempo de maturidade política. Porém, o que todos demonstraram é a capacidade de estar acima das rixas eleitorais, unindo forças e brigando por Bebedouro. É um sopro de esperança.

 

Publicado na edição n° 9478, dos dias 24, 25 e 26 de novembro de 2012.