Sem comparações, ‘Rebelde’, da Netflix é série para os bons e verdadeiros fãs do RBD

Marcos Pitta

0
23
Rebeldes - A nova geração de atores protagonistas de ‘Rebelde’ a nova série sucesso da Netflix. (Reprodução/Internet)

Estreou na Netflix mais uma série com temática juvenil e trazendo aquela boa e velha sensação de nostalgia. ‘Rebelde’ é uma espécie de continuação da novela mexicana febre no mundo inteiro entre 2005 e 2006 que trouxe para o auge do sucesso, o grupo RBD, liderado por Anahí, Dulce Maria, Maite Perroni, Afonso Herrera, Christian Chávez e Christopher von Uckermann.

A releitura da série teen traz como protagonistas Franco Mansini, Azul Guaita, Sérgio Mayer Mori, Andrea Chaparro, Jerônimo Cantillo, Lizeth Selene, Alejandro Puente e a brasileira Giovanna Grigio. Os oito episódios da primeira temporada já estão liberados na plataforma e enchem o coração dos verdadeiros fãs do RDB de orgulho.

É fato que como toda releitura, ‘Rebelde’ sofreu com as críticas e muitas comparações com a versão original mexicana. A verdade é que não se deve comparar e quando esta parte fica de lado, é possível enxergar a beleza na produção e as grandes atuações da história.

Em momento algum esta nova versão pretende ser a antiga, a ideia é trazer uma narrativa com o mesmo gancho, se passando no mesmo universo, anos depois do sucesso da banda RDB, tanto que os antigos personagens são citados o tempo todo, a escola tem memorial em homenagem a eles e alguns personagens voltaram nesta série, como Celina, papel de Estefanía Villarreal, agora diretora da escola. Outra que volta é Pillar (Karla Cossío), agora mãe de Jana, uma das protagonistas.

Luka, papel de Franco Mansini é primo de Mia Colutti, interpretada por Anahí no original e assim os papeis vão se costurando e o público entendendo o universo da série, anos depois do fenômeno RBD e com a cara desta década, com os estilos e gostos dos jovens de hoje.

O maior destaque que deveria estar sendo observado pelos brasileiros é Giovanna Grigio, a Milli de ‘Chiquititas’, do SBT e Gerusa de ‘Êta Mundo Bom’, da Globo, onde também atuou em ‘Malhação 2017’.

Grigio prova, mais uma vez, agora fora do Brasil, sua competência como atriz. Ela arrasa dando vida a Emília, aparentemente egocêntrica e se aproximando de uma vilã, mas que conquista o coração da baterista Andy (Lizeth Selene). Vale a pena prestar atenção na atuação dela e para quem assistir no idioma original, é importante concentrar-se na perfeição com que a atriz fala o espanhol, não ficando atrás dos atores e atrizes de lá.

Para quem gosta, a Netflix caprichou. Dá para assistir em uma única vez, levando à risca o significado de maratona. O gostinho de quero mais fica quando o oitavo episódio chega ao fim. Mas, não se espantem, a plataforma de streaming já confirmou a segunda temporada e junto com a notícia, alguns dos protagonistas lançaram durante uma live, clipe da música ‘Sálvame’, do RBD, em versão cantada em português. É bonito de ver.

Publicado na edição 10.636, de 15 a 18 de janeiro de 2022.