Sudoeste mantém maior produtividade do cinturão citrícola

Safra de laranja 2020/21 do parque citrícola de São Paulo e Triângulo e Sudoeste Mineiro deve atingir 287,76 milhões de caixas de 40,8 kg.

0
211

Nesta temporada, a produtividade por setor, comparada à do ano anterior, indica variações significativas entre as localidades. Considerando os cinco setores que compõem o cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo e Sudoeste Mineiro, as regiões de Avaré e Itapetininga, no Sudoeste, apresentam a maior produtividade, com 1.185 caixas por hectare, com apenas 2,7% de queda em relação à safra anterior.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10496, de 27 a 30 de junho de 2020.