Tribunal de Contas aponta nove obras paradas em Bebedouro e Prefeitura rebate

Levantamento realizado entre fevereiro e março considera convênios paralisados e atrasados.

0
36
Quase pronto – Contrariando o que diz o levantamento do TCE/SP, a ampliação de espaços do Stélio Machado Loureiro está a todo vapor, com cobertura da quadra esportiva, criação de playgrounds, novo refeitório, espaços de lazer e pintura total da escola.

Segundo levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE/SP), o Estado de São Paulo, incluindo capital e municípios, possui mais de 1.500 obras paralisadas e atrasadas. Os números apontam que o montante de recursos públicos envolvidos, entre estas obras nos municípios paulistas ultrapassa os R$ 49 bilhões.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição de nº 10417, de 10 a 13 de agosto de 2019.