Vanessa Damo tem mandato cassado

0
308

A deputada estadual do PMDB recebeu 159 votos em Bebedouro nas eleições de 2014.

Segundo informações, o TSE cassou o mandato da parlamentar que fica inelegível até 2020, por imputar responsabilidade à então candidata à prefeitura de Mauá, pela distribuição de panfletos apócrifos contra o atual prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), na campanha de 2012.
Na avaliação da corte, não haveria procedência legal para manter o deferimento ao registro de candidatura e, consequentemente, ao diploma atual de parlamentar a Damo, visto que na eleição seguinte, Vanessa Damo elegera-se deputada estadual.

(…)

Leia mais na edição nº 9978, de 28 e 29 de abril de 2016.