Vereadores “engessam” prefeito em 2020, com 5% de remanejamento

Comparando-se a 5 cidades da região e a 5 mandatos de prefeitos de Bebedouro, este é o menor valor já registrado.

0
133
(Divulgação/Câmara Municipal)

Na 37ª sessão ordinária da Câmara Municipal, na noite de segunda-feira (2), após horas de debate, os vereadores aprovaram novo percentual de remanejamento do Orçamento para o prefeito Fernando Galvão (DEM), de 5%, para o exercício de 2020. O valor é o menor já registrado em 20 anos e também o menor percentual da região, inviabilizando as ações do Executivo, que necessitará da aprovação dos vereadores para tudo.
Foram quatro propostas de percentuais, variando de 3% a 15%. A proposta dos vereadores Nasser Addallah (Rede), Mariangela Mussolini e Paulo Bola, do MDB, delimitava o percentual a 5% e teve apoio de Fernando Piffer e Silvio Delfino, do PSDB, e de José Baptista de Carvalho Neto, o Chanel (SD), que desistiram da proposta de 3%, para obterem maioria no plenário.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10450, de 7 a 10 de dezembro de 2019.