Violência doméstica: uma ‘epidemia’ sem cura?

Com aumento de casos de violência durante a pandemia, campanha ‘Sinal vermelho contra a violência doméstica’ alerta para necessidade de denunciar.

0
354
(Reprodução/internet)

Um ‘X’ de batom vermelho estampado na palma da mão, um botão de pânico em um aplicativo de loja online de eletroeletrônicos e até um vídeo falso de automaquiagem que, na prática, orienta a fazer denúncias. Por meio de formas inusitadas, governo, empresas e organizações da sociedade civil mobilizam-se para ajudar mulheres a buscarem socorro, em casos de violência doméstica, em tempos de quarentena e isolamento social.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10504, de 25 a 28 de julho de 2020.