A grata surpresa

0
441

Aconteceu o que ninguém acreditava. Na primeira partida da final do Campeonato Paulista 2014, o Ituano venceu o Santos. Assim, no primeiro duelo da final, a melhor defesa do torneio saiu de campo em vantagem sobre o melhor ataque, e sem se importar em atuar no Pacaembu, o Ituano não se intimidou com a pressão do Santos e, com gol de Cristian, venceu por 1 a 0.
Foi um bom jogo, movimentado, e o Santos só não empatou porque Cícero errou um pênalti ainda no primeiro tempo. No geral, o Ituano foi mais consistente, e o bom ataque santista não conseguiu funcionar como em outras oportunidades.
No próximo domingo (13), às 16 horas, também no estádio do Pacaembu, o Ituano jogará pelo empate. O Santos precisa de dois gols de diferença. Vencendo por um gol, o Peixe força a disputa nos pênaltis.

Um pouco da história do time de Itu

Ituano Futebol Clube, ou Ituano como geralmente é chamado, é um time de futebol de Itu, interior do estado de São Paulo, fundado em 24 de maio de 1947. Suas cores são rubro-negras e atualmente o clube disputa as finais do Paulistão da Série A1, sendo o time do interior que mais vezes disputou esse campeonato regional.
Tudo começou com empresários da Estrada de Ferro Sorocabana, estabelecida em Itu, que fundaram em 24 de Maio de 1947 a Associação Atlética Sorocabana. Em 1960, o clube mudou o nome para Ferroviário Atlético Ituano e, em 1990, mudou seu nome para Ituano Futebol Clube.
A equipe de Itu começou a empolgar a torcida a partir de 1984, realizando boas campanhas na Segunda divisão estadual, enchendo o Estádio Municipal Novelli Junior. Em 1989, o então Ferroviário foi Campeão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, ascendendo à divisão principal no ano seguinte – com o técnico Marcos Guerra. Essa campanha movimentou a cidade de Itu, pois pela primeira vez as grandes equipes do estado iriam jogar na cidade. Para homenagear o feito, o comediante Simplício – do programa A Praça é Nossa, vestiu uma camisa do time em suas aparições no humorístico.
A temporada de 2014 se iniciou ainda em dezembro de 2013, com as primeiras contratações em Itu, a contar com Marcinho, meia com passagens marcantes por dois dos maiores clubes de SP – Corinthians e Palmeiras. Marcinho também se destacou de forma convincente no São Caetano.
Outra peça importante anunciada foi o meia Cristian, autor do gol que decretou a vitória por 1×0 em cima do Santos, que voltou ao clube dez anos depois. Cristian fez parte do brilhante grupo do Ituano que por detalhes não conquistou um acesso para a série A do Brasileirão em 2004. O jogador também defendeu clubes como Palmeiras, Paraná e Coritiba em sua carreira. Em 2010 chegou a ser anunciado pelo Ituano para a disputa do Paulistão, mas a negociação não foi para frente e o jogador partiu para o Azerbaijão.
No início dos anos 1990, o Ituano revelou o seu maior jogador, o meia Juninho Paulista, atualmente seu Presidente, que posteriormente foi vendido ao São Paulo onde teve importante passagem.

(…)

Leia mais na edição nº 9680, dos dias 8 e 9 de abril de 2014.