Aquele Beijo

Nesta semana, o Crítica em Foco separou uma lista de 5 novelas que estão no catálogo do Globoplay e estão esquecidas, mas valem muito a pena uma maratona. Vamos lá?

0
74
(Reprodução/internet)

A trama de Miguel Falabella foi escrita em 2011 e teve direção de Cininha de Paula. A trama é uma comédia leve, com Giovanna Antonelli no papel principal. Para quem gosta de dar boas risadas e mesmo assim se entreter com mistérios bem criados por Falabella, vale a pena maratonar os 155 capítulos da novela. A trama aborda a intolerância das pessoas e do consumo desenfreado e tem como cenário principal uma grande loja, a “Comprare”, voltada para os ricos, interessada em retirar uma comunidade do terreno ao lado, o “Covil do Bagre”. Partindo deste ponto, a telenovela teve, em seus primeiros capítulos, críticas consideravelmente favoráveis, com a narração de Miguel Falabella, um diferencial em novelas.

Espelho da Vida
A trama de Elisabeth Jhin pode até ser recente, mas para quem não teve a oportunidade de assistir vale muito a pena. A história se passa em dois tempos diferentes e conta a trajetória de Julia Castelo, vivida por Vitória Strada que, durante a gravação de um filme, descobre como foi sua vida passada. A novela tem 160 capítulos e a maratona é bem proveitosa, principalmente nesses tempos, onde tudo que se pede é leveza e bons diálogos.

I Love Paraisópolis
Uma trama que ficou na média no quesito audiência, mas mesmo assim foi esquecida pelos telespectadores. Protagonizada por Bruna Marquezine e Maurício Destri, a novela contou com 154 capítulos e ainda trazia no elenco a divertida Tatá Werneck em uma história com muito romance, drama e principalmente comédia. Vale a pena maratonar e se deliciar novamente.

Haja Coração
De 2016, essa trama de Daniel Ortiz trazia Mariana Ximenes no papel principal. É uma novela com 138 capítulos e tem um tom de comédia muito bem aproveitado por todos os atores. O romance também fala alto em alguns núcleos e o autor Daniel Ortiz caprichou na releitura que fez de ‘Sassaricando’, de Silvio de Abreu. Vale a pena.

Insensato Coração
Para finalizar a lista, uma trama que não é tão leve, mas vale a pena maratonar pela alta qualidade da história criada por Gilberto Braga e Ricardo Linhares. Protagonizada por Paolla Oliveira, a trama trazia ainda Glória Pires como vilã, fala de traição, paixão e muita inveja. É uma novela com grandes nomes em seu corpo de elenco e tem 185 capítulos. Para alavancar ainda mais o mistério, a trama conta o famoso ‘quem matou’ na sua reta final e surpreende na revelação. Nessa trama, os autores ainda fizeram uma homenagem ao clássico ‘Vale Tudo’, exibida no dia 29 de junho de 2011, em seu capítulo 134, quando o personagem Cortez, interpretado por Herson Capri, quando estava fugindo do país em seu jatinho, por conta de crimes de corrupção, repetindo o ato de “dar uma banana” para o país, como Marco Aurélio, personagem de Reginaldo Faria, havia feito no último capítulo do clássico. Entretanto, o desfecho das cenas foi diferente: se na trama original, Marco Aurélio conseguia fugir do país e terminava impune, a decolagem do jatinho de Cortez é impedida pela Polícia Federal, e ele acaba preso.

 

Publicado na edição nº 10502, de 18 a 21 de julho de 2020.